segunda-feira, 28 de setembro de 2009

O Triangulo Impossível de Richard Gregory


 A foto acima mostra uma escultura de uma figura estranha criada pelo professor Richard Gregory - o famoso "triangulo impossível".

Que significado você dá a essa figura? Como sua mente interpreta as informações que chegam ao seu olhar?
Possivelmente, você enxerga um objeto triangular sólido, cujas partes encontram-se e funcionam perfeitamente isoladas umas das outras, mas cujo todo não se encaixa - um objeto que não poderia existir no espaço físico em que vivemos. Mas o objeto na figura existe de fato, em nosso espaço comum. Não é nenhum tipo de ilusão de ótica, mas sim um objeto real fotografado.
Diante disso, você poderia começar a admirar como algo que pareceu não existir na verdade existe, e abandonar suas convicções sobre o que acredita ser o mundo real, aceitando a beleza e magia da impossibilidade que existe e vive contrariando todas as possibilidades. Mas, ao contrário disso, o que você deveria estar se perguntando é no quanto pode confiar no que vê e pensa.

O objeto existe por não ter nada de "impossível". Se você estivesse no lugar em que a câmera estava quando tirou a foto, veria exatamente esse triângulo, como o vê na foto acima. Gregory não criou um modelo "paranormal" que desafia as regras do espaço. Ele apenas desafia as regras da expectativa humana.

O objeto fotogrado é incomum e a posição da câmera foi a única possivel para que essa imagem fosse formada. Esse é o modo como se chega à imagem do triângulo impossível, posicionado-se a câmera em vários ângulos opostos:


Agora, sabendo da solução real para o problema, você não ficará mais impressionado.
Ou não deveria... mas talvez você ainda olhe para a figura do começo do texto e veja a impossibilidade ao invés da improbabilidade!

Aparentemente, a mente não consegue deixar de escolher a explicação simples, apesar de ilógica, e atraente, ao invés da explicação complicada porém lógica. Mesmo quando sendo orientadas na direção correta, as pessoas continuam a perceber os dados da maneira mais insensata. E é espantoso o quanto a humanidade parece ser talentosa nisso...

Mesmo quando sendo orientadas na direção correta, as pessoas continuam a perceber os dados da maneira mais insensata. E é espantoso o quanto a humanidade parece ser talentosa nisso...

A nossa mente foi projetada geneticamente para representar o mundo, e não para entendê-lo. São necessárias certas condições culturais e empíricas para que possamos compreender nossa condição de criatura humana e assim criar conexões para entender todo o resto (voltaremos e aprofundaremos este assunto nos próximos textos).

O bom senso é facilmente superado por um principio sedutor que faz com que uma explicação impossível pareça simples e vigorosa para parte das pessoas, por um certo tempo, ou para todas as pessoas, todo o tempo. Mas para essas pessoas em questão, seja qual for a posição em que se encontram, sempre irão achar que estão do lado certo.

O que sempre irá revelar a ilusão em que estão é que o que apóiam sempre é possível somente naquela posição, e se o observador em questão conseguisse mudar apenas um pouco o foco da visão, veria as falhas, tanto da posição em que se encontra, como das outras dos que o cercam com certezas distintas e opostas.

O que se pode dizer, no mínimo, é que deveríamos ficar atentos e pensar duas - ou mil - vezes ao ouvir respostas e afirmações sobre tudo, não nos deixando levar pelo que enxergamos ou percebemos.
E por "pensar" não se entenda "refletir", mas sim observar, vendo com os olhos e a mente aberta, tudo o que faz com que as respostas simples e atraentes, no final, sejam mera ilusão sedutora aos olhos de quem não tem muitas outras condições senão a de nelas acreditar.

2 comentários:

  1. show de bola irmão o texto...
    Realmente quando olhamos é um triangulo, mas depois olhando as outras fotos, fiquei impressionado...
    E realmente nem tudo que vemos é, e nem tudo que parece é...
    Parabéns mais uma vez, peço desculpa pela minha ausência nos bate papo é que ando muito corrido e você tem assistir um espetáculo meu em!!
    Abraços!

    ResponderExcluir